AREA DO ASSINANTE
UsuarioSenha
- HOME
- Alojamento
- Estatistica
Rica em colágeno, clara de ovo combate flacidez do rosto

Rica em colágeno, clara de ovo combate flacidez do rosto
B3 abre a segunda-feira com futuros do milho elevados

B3 abre a segunda-feira com futuros do milho elevados

Publicado em 06/05/2024 10:24 e atualizado em 06/05/2024 11:33
Chicago também começa em alta seguindo o trigo

Logotipo Notícias Agrícolas

A segunda-feira (06) começa com os preços futuros do milho levemente mais altos na Bolsa Brasileira (B3). As principais cotações flutuavam na faixa entre R$ 57,83 e R$ 63,50 por volta das 10h21 (horário de Brasília). 

O vencimento maio/24 era cotado à R$ 57,83 com valorização de 1,14%, o julho/24 valia R$ 58,57 com ganho de 0,64%, o setembro/24 era negociado por R$ 60,45 com elevação de 0,68% e o novembro/24 tinha valor de R$ 63,50 com alta de 0,63%. 

Mercado Externo 

Na Bolsa de Chicago (CBOT), os preços internacionais do milho futuro operavam em campo positivo, por volta das 11h17 (horário de Brasília). 

O vencimento maio/24 era cotado à US$ 4,55 com alta de 8,00 pontos, o julho/24 valia US$ 4,67 com elevação de 7,50 pontos, o setembro/24 era negociado por US$ 4,75 com valorização de 6,00 pontos e o dezembro/24 tinha valor de US$ 4,87 com ganho de 4,50 pontos. 

Segundo informações do site internacional Farm Futures, os preços do milho subiram, “provavelmente refletindo a tentativa dos utilizadores finais de obter mais produtos agrícolas do campo, embora a maioria dos agricultores esteja neste momento ocupada com atividades de trabalho de campo”. 

Já o site Successful Farming destacou o efeito da alta do trigo para influenciar as altas do milho nesta manhã.

"Os futuros de trigo subiram devido às preocupações com o tempo seco nas planícies do sul dos EUA, onde pouca ou nenhuma chuva caiu nas últimas duas semanas. A ferrugem listrada no trigo também foi relatada em todo o estado do Kansas, o maior produtor de variedades de inverno dos EUA, de acordo com o programa de Patologia de Extensão de Trigo e Forragem da Universidade Estadual do Kansas", diz a publicação. 

Relembre como fechou o mercado na última sexta-feira (03):

+ Mesmo com leves recuos nesta 6ªfeira, milho fecha a semana subindo até 1,9% na B3

Já segue nosso Canal oficial no WhatsApp? Clique Aqui para receber em primeira mão as principais notícias do agronegócio
Por:
 Guilherme Dorigatti
Fonte:
 Notícias Agrícolas


Fonte: Noticias Agricolas
Veja mais notcias

28/05/2024 Catástrofe no Rio Grande do Sul gera prejuízos de R$ 182,9 milhões na avicultura
27/05/2024 Milho acumula alta semanal de 1,8% na B3 e analista vê fôlego para mais
21/05/2024 Milho: atenções seguem voltadas ao campo; retração vendedora sustenta preços
12/05/2024 Preço do milho acumula alta semanal de até 3,8% na B3