REA DO ASSINANTE
UsurioSenha
- HOME
- Alojamento
- Estatstica
O ovo nosso outra vez

O OVO est na moda outra vez. Na crise, por ser barato, resolveu dispensar toda esta histria de colesterol e virar estrela.
CBNA: Uso restrito de antibiticos depende de biosseguridade, manejo e sanidade, defende Gustavo Lim

CBNA: Uso restrito de antibiticos depende de biosseguridade, manejo e sanidade, defende Gustavo Lima  

Pesquisador da Embrapa Sunos e Aves defendeu nesta tera-feira, dia 7 de novembro, que possvel reduzir uso de antimicrobianos na produo animal e ainda manter a eficincia durante sua apresentao na 31a Reunio Anual do CBNA

 

 

Sobre as crescentes exigncias do consumidor pelo uso restrito de antimicrobianos promotores de crescimento na produo animal, possvel sim fazer um uso mais racional destes produtos e ainda manter a eficincia produtiva. Para isso, necessrio um trabalho de biosseguridade aliada a um programa de preveno de doenas e manejo, defendeu nesta tera-feira, dia 7 de novembro, o engenheiro agrnomo e pesquisador da Embrapa Sunos e Aves, Gustavo Lima, durante a palestra "Como escolher ingredientes funcionais para a sade intestinal de aves e sunos", na 31a Reunio Anual do CBNA (Colgio Brasileiro de Nutrio Animal).

 

O especialista explicou a importncia dos antimicrobianos na produo animal lembrando do seu papel no apenas na melhora da eficincia produtiva, como tambm na reduo de dejetos. "Eles (os antimicrobianos promotores de crescimento) foram importantes e facilitaram a intensificao da produo de protena animal. Seu uso uma medida de sustentabilidade uma vez que estes produtos contribuem para reduzir os dejetos. Mas a gente precisa saber utilizar de uma maneira mais racional. O sistema de produo foi levado para o uso contnuo destes produtos", afirmou. 

 

Ainda nesta linha, ele alertou que um programa de uso racional de antibiticos exige uma srie de medidas antes de alteraes na formulao de dietas. Ele apresentou um trabalho realizado pela Universidade de Iowa e pelo USDA, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, encomendado por produtores de sunos americanos. De acordo com o estudo, fontes alternativas melhoraram o desempenho dos animais em 28% dos casos e manteve os resultados em 66%. Entre as fontes proteicas especiais, como o plasma, por exemplo, a efetividade do ATM alternativo e o desempenho do plantel teve uma melhora em 31% dos experimentos.

 

Assessoria de Imprensa:
Mrcia Midori
(19) 9 9712.3224
E-mail: agronoticia@gmail.com

 

Eliana Panty

(48) 9 9980.4920
E-mail: panty@pantyassessoria.com.br



Fonte: 
Veja mais notcias

22/02/2018 Congresso de Ovos APA anuncia programao
13/02/2018 Benefcios dos ovos tema de Live no Facebook do Instituto Ovos Brasil
02/02/2018 Vaxxinova, sediada na Holanda, adquire o Laboratrio Biovet
29/01/2018 Principal jornal de Americana d destaque ao IOB